VCP - Campinas

Campinas

Capital do interior

Por Ricardo Freire

Polo universitário, polo de alta tecnologia, polo industrial: situada a menos de 100 km de São Paulo, Campinas tem porte e autonomia de metrópole.

Se não bastasse tanta autossuficiência, Campinas ainda está no centro geográfico de um corredor de cidades próximas que se comunicam com naturalidade, como se as (ótimas) estradas fossem simples avenidas expressas.

Mas nem só de pesquisa, tecnologia e agronegócio é feita a região. O clima ameno atraiu para lá grandes parques de diversões. Nos arredores de Campinas ainda se encontram vilarejos com jeitão de interior e natureza intocada, como Sousas e Joaqium Egídio. E o mais irônico: chega-se a São Paulo em menos tempo do que muitos paulistanos levam para atravessar sua própria cidade.


O que fazer em Campinas

A noite de Campinas é animadíssima. Os dois principais focos de bares e restaurantes são o bairro central de Cambuí e o distrito de Barão Geraldo, próximo à Unicamp.

A maior área verde é a Lagoa do Taquaral (nome oficial: Parque Portugal), ótimo para jogging e bicicleta. O Parque Ecológico tem uma feira de produtos orgânicos aos domingos. No centro, visite o Bosque dos Jequitibás, que tem mini zoológico e aquário.

Nos fins de semana, os campineiros gostam de passear nos distritos de Sousas (à beira-rio, 11 km do Centro) e Joaquim Egídio (a 16 km, onde fica o Observatório Astronômico). Campinas é também uma ótima base para ir aos parques de diversões Hopi Hari (28 km), em Vinhedo, e Wet’n Wild (35 km), em Itupeva.

​​
voltar