GOL ­ CGB - Cuiaba

CGB - Cuiaba

Cuiabá

Bola da vez

Por Ricardo Freire

A escolha para o elenco de cidades-sede da Copa de 2014 veio coroar o grande momento que vive Cuiabá. Uma das capitais brasileiras do agronegócio, a cidade está cada vez mais bonita. E agora tem mais uma motivação para ficar ainda melhor.

Cuiabá fica no centro geodésico da América do Sul. Sempre quente durante o dia, a cidade aproveita suas noites como poucas. Os visitantes ficam tão impressionados com o verde das ruas e a simpatia dos moradores, que acabam relevando o calor.

A natureza está muito próxima – e se apresenta de maneiras tão diferentes quanto nos precipícios da Chapada dos Guimarães ou na mata alagada do Pantanal Norte. Os rios transparentes (e cheios de peixinhos) de Nobres, que não ficam nada a dever aos de Bonito, estão a apenas 150 km da capital.

O que fazer em Cuiabá

Fundada no século 18 durante o ciclo do ouro, Cuiabá ainda conserva alguns (poucos) prédios antigos no seu centro histórico. Visite também o Arsenal de Guerra, transformado num centro cultural pelo Sesc.

A Praça Popular é a região dos barzinhos mais animados da cidade. Para compras originais, não deixe de passar na loja ArtÍndia, da Funai, e na Casa do Artesão, na região do Porto.

A Chapada dos Guimarães fica a apenas 70 km; para fazer o circuito das cachoeiras, porém, é melhor pernoitar. Há passeios de um dia pela Transpantaneira que saem de Poconé, a 100 km de Cuiabá.