GYN - Goiânia

Goiânia

Planalto déco

Por Ricardo Freire

Quase três décadas antes de Brasília, Goiânia foi a primeira capital planejada do Planalto Central. Por aqui não há bairros: há setores. Avenidas retas e arborizadas funcionam como eixos de deslocamento, enquanto ruas semicirculares formam quadras de diferentes formatos, fugindo ao tradicional grid quadriculado.

Mas o tesouro urbanístico-arquitetônico da cidade está no Setor Central: por ali se encontra um dos mais importantes conjuntos de prédios art-déco. Muitos deles estão dispostos em torno da Praça Cívica.

Goiânia é o ponto de partida para as maiores atrações turísticas de Goiás, como as águas termais de Caldas Novas, as cidades históricas de Goiás e Pirenópolis e as praias e pescarias do Rio Araguaia.

O que fazer em Goiânia

Boa parte dos hotéis mais novos de Goiânia se encontra no Setor Oeste – que é o mais conveniente para aproveitar os restaurantes e a vida noturna dos setores Bueno e Marista. No Setor Central os hotéis costumam ser mais em conta.

Caldas Novas (170 km) tem acomodações de todos os tipos, de resorts all-inclusive a pousadinhas. Os mais próximos do Hot Park ficam na vizinha Rio Quente, a 30 km.

A cidade à beira do Araguaia mais próxima de Goiânia é Aruanã (320 km). A viagem fica ainda melhor com um pernoite na Cidade de Goiás, que está na metade do caminho.

voltar