LDB - Londrina

Big town

Originalmente colonizada por ingleses, Londrina acabou fazendo justiça ao nome que lhe foi dado. A Londrina de hoje tem ares de metrópole: é a segunda maior economia do Paraná e uma das cidades mais importantes da região Sul do país.

A terra fértil e as plantações de café trouxeram a prosperidade que fez Londrina crescer e ter pinta e porte de capital. A cidade conta com uma caprichada estrutura de serviços; aqui fica um dos maiores shoppings do Brasil, o Catuaí, com 135 mil m² construídos. O trânsito ordenado e as áreas verdes espalhadas por todo o território também são de dar inveja.

Mas a vida urbana não é pulsante apenas por causa da economia forte ou do tamanho da cidade: Londrina tem nada menos do que dez universidades, que atraem jovens estudantes do Paraná e estados vizinhos.

Ciclovia, pista de cooper, anfiteatro e jardins projetados por Burle Marx: eis os segredos do Lago Igapó. A represa é a principal área de lazer e verdadeiro cartão-postal da cidade, junto com a Mata dos Godoy, parque estadual com trilhas por áreas de floresta subtropical.

Na região central, quem dita o ritmo são os universitários, que lotam os bares, casas noturnas e restaurantes. Por falar neles, casas como a Strassberg, no distrito de Warta, são especializadas na saborosa carne de marreco, legado dos imigrantes alemães.

O café, que depois de uma forte geada na década de 70 perdeu importância, ainda pode ser lembrado em passeios de agências que promovem a rota do café, em fazendas e fábricas de Londrina e cidades vizinhas.

voltar