GIG - Galeão - Rio de Janeiro

Rio de Janeiro

Miss Brasil

Por Ricardo Freire

Dá para contar nos dedos as cidades do m​​undo conhecidas por seus slogans. Roma, Cidade Eterna. Paris, Cidade-Luz. Rio de Janeiro, Cidade Maravilhosa. O Rio é Oscar de cenário, direção de arte, casting, (falta de) figurino, roteiro e trilha sonora original.

Tudo o que é feito ao ar livre no Rio tem aparência, gosto, textura e consistência de férias. O carioca pode não se dar conta, mas fazer jogging no calçadão às 6h da manhã é como sair um pouco de férias todos os dias. Tomar um chope depois do trabalho é férias. Num domingo de sol, outras cidades param – mas o Rio entra em férias. É um prazer estar num lugar tão bem equipado para as férias dos seus habitantes.

Quer deixar tudo ainda mais bonito? Chegue pela Ponte Aérea. Um dos shows mais deslumbrantes do planeta, pelo preço de uma passagem de avião.


​​
O que fazer no Rio de Janeiro

Não faça como os cariocas – suba, sim, aos cartões postais da cidade. Para melhores fotos, vá ao Pão de Açúcar de manhã (o sol iluminando o Cristo) e ao Corcovado à tarde (o poente incidindo sobre o Morro da Urca).

Se não quiser rodar muito, vá direto ao ponto: Rua Dias Ferreira, no Leblon, para restaurantes; Ipanema (Garcia D’Ávila, Praça Nossa Senhora da Paz) para comércio chique; Baixo Copa (Rua Bolívar) para barzinhos; Lapa para noites cariocas. Para praias ainda mais belas que as da Zona Sul, vá à Prainha (para lá da Barra) e Itacoatiara (Niterói).

O Rio é insuperável nos quesitos música popular e teatro. Os melhores guias de viagem para o Rio são os jornais de sexta-feira, que trazem a programação cultural.