Fronteiras Internacionais

Abaixo, você confere a documentação necessária, referente ao controle da propagação da Covid-19, para a entrada em destinos internacionais e no Brasil.

Leia atentamente todas as regras do país de destino antes de viajar. Evite problemas no seu embarque.

Atenção: as informações estão sendo constantemente atualizadas na página dos consulados, constando nesta página as publicações mais recentes pelos órgãos de governo, para brasileiros viajando com fins turísticos. Para viagens com outros fins e mais informações, recomendamos conferir sempre os links descritos a seguir.

Confira também as vacinas exigidas para os destinos internacionais, clicando aqui.


Escolha seu destino*:

*Trajetos operados exclusivamente pela GOL. Para viagens com destinos não operados pela GOL, consulte a companhia parceira.

 

Bolívia (VVI)

Fronteiras abertas, com condições:
Última atualização: 20/01/2022

 

Documentos e formulários

Exames

  • Teste negativo de COVID-19 RT-PCR feito com 72 horas antes do horário do embarque no primeiro destino. Não se aplica a passageiros com 5 anos ou menos;

Quarentena/Observações

  • Passageiros que não possuam passagem de retorno estão sujeitos a rejeição na imigração;
  • Os passageiros sem a vacinação completa contra a COVID-19, aplicada 14 dias antes da chegada, estão sujeitos a serem testados 72h depois da chegada com custos cobertos por ele próprio e auto isolamento até que os resultados estejam prontos.

Acesse site do Consulado

Atenção: Para saber mais sobre os requisitos para retornar ao Brasil, clique no item "Brasil (BRA)", disponibilizado nesta página ou confira a íntegra das regras para entrada de viajantes no Brasil: ANVISA (Regras para entrada de viajantes no Brasil)

Brasil (BRA)

Fronteiras abertas, com condições:
Última atualização: 22/12/2021

 

1. Formulário DSV preenchido

Apresentação mandatória do comprovante da Declaração de Saúde do Viajante (DSV), impresso ou em meio eletrônico. Não poderão embarcar aqueles que apresentarem somente PCR negativo e/ou carteira de vacinação, a DSV é documentação obrigatória para entrada no Brasil tanto para brasileiros e residentes, quanto para estrangeiros.

Atenção: O formulário DSV deve ser necessariamente preenchido com até 24 horas de antecedência do voo, acessando este link: Formulário Anvisa 


2. PCR negativo

Apresentação de teste antígeno, realizado em até 24h anteriores ao momento do embarque, ou laboratorial RT-PCR, realizado em até 72h anteriores ao momento do embarque, com resultado negativo ou não detectável.


3. Comprovante de vacinação

Comprovante impresso ou em meio eletrônico, sendo que a aplicação da última dose ou dose única deve ter ocorrido, no mínimo, 14 dias antes da data do embarque.  

São válidas vacinas aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária, pela Organização Mundial da Saúde (OMS) ou pela autoridade do país em que o viajante foi imunizado;

* Os documentos emitidos no exterior deverão ser apresentados nos idiomas português, espanhol ou inglês. 
 

NÃO precisam apresentar comprovante de vacinação, MAS precisam cumprir quarentena os seguintes casos: 

1. Pessoas com condição de saúde que contraindique a vacinação, desde que atestada por laudo médico; 

2. Pessoas não elegíveis para vacinação em função da idade, conforme critérios definidos pelo Ministério da Saúde no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 e publicados no site do Ministério da Saúde

3. Em virtude de questões humanitárias, na forma prevista no art. 18 da Portaria 663/2021 que define as regras para entrada no Brasil;

4. Provenientes de países com baixa cobertura vacinal divulgados pelo Ministério da Saúde e publicados no sítio do ministério; 

5. Brasileiros e estrangeiros residentes no território brasileiro, que não estejam completamente vacinados. 


Quarentena

Passageiros vindos de Botsuana, Suazilândia, Lesoto, Námbia, Zimbábue e África do Sul estão sujeitos a quarentena por 14 dias.

A quarentena é obrigatória para os viajantes dispensados da apresentação de comprovante de vacinação.

A quarentena será de quatorze dias, na cidade do destino final do viajante e no endereço registrado na Declaração de Saúde do Viajante - DSV. 

A quarentena pode ser encerrada mediante resultado negativo de RT-PCR ou teste de antígeno realizado em amostra coletada a partir do quinto dia do início da quarentena, desde que o viajante esteja assintomático. 


Atenção: Antes de viajar, confira todas as regras e informações necessárias para o embarque. Acesse por meio do link: Regras para entrada de viajantes no Brasil 

Buenos Aires (AEP)

Fronteiras abertas, com condições:
Última atualização: 16/12/2021

 

Documentos e formulários

  • Documento de identificação oficial válido;
  • Possuir um seguro de viagem com cobertura para COVID (esta regra não é aplicada para residentes e/ou cidadãos argentinos).
  • Preenchimento da declaração jurada de ingresso através do link: https://ddjj.migraciones.gob.ar/app (está regra não é aplicável para maiores de 70 anos que deverão preencher o formulário na chegada).

Exames

  • Teste RT-PCR negativo feito nas últimas 72h antes do embarque no primeiro ponto (está regra não é aplicada para menores de 06 anos);
  • Esquema de vacinação completo (02 doses ou dose única) dentro da janela de 14 dias após a segunda dose ou dose única antes da data de embarque (está regra não é aplicada para residentes e/ou cidadãos argentinos);
  • Os passageiros estão sujeitos a um teste antígeno de COVID no pouso (está regra não é aplicada para passageiros que possuam o certificado de vacinação completo);
  •  O exame não se aplica a viajantes que tiveram COVID-19 em 90 dias antes do embarque ou chegada ao país, devendo apresentar o resultado de RT-PCR detectável dentro deste prazo, bem como a documentação médica comprovando a alta hospitalar em até 10 dias após o teste positivo;
  • O exame não se aplica a viajantes que tiverem atestado médico emitido em no máximo 72 horas antes da partida, indicando a falta de sintomas, para territórios com ausência de laboratórios de emissão de testes RT-PCR ou PCR. Esses passageiros estão sujeitos a quarentena. Mais informações em Opción de PCR en destino lo antes posible a la llegada a la República

Quarentena/Observações

  • Os passageiros estão sujeitos a uma quarentena de 07 dias (está regra não é aplicada para passageiros que possuam o certificado de vacinação completo e teste RT-PCR feito nas últimas 72h antes do embarque em sua origem).

ACESSE O SITE DO CONSULADO

Atenção: Para saber mais sobre os requisitos para retornar ao Brasil, clique no item "Brasil (BRA)", disponibilizado nesta página ou confira a íntegra das regras para entrada de viajantes no Brasil: ANVISA (Regras para entrada de viajantes no Brasil)

Cancún (CUN)

Fronteiras abertas, com condições:
Última atualização: 03/01/2022

 

Documentos e formulários

  • Passaporte válido
  • VISTO ELETRÔNICO impresso, a ser emitido com no mínimo 24 horas de antecedência do voo. Formulário disponível no link: Instituto Nacional de Migración
  • Atenção: preencha os dados pessoais, os quais deverão estar idênticos ao passaporte.
  • Formulário de Imigração Múltipla (FMM) impresso (2 vias) na chegada. Para passaportes com validade inferior a 6 meses – Formulário disponível nas áreas de trânsito internacional dos aeroportos. Já para passaporte com validade superior a 6 meses – Formulário disponível no link: https://www.inm.gob.mx/fmme/publico/solicitud.html 
  • É obrigatório a apresentação do bilhete de retorno no momento do check-in e da imigração.

Exames

  • Não é necessária a apresentação de exames para ingresso em Cancún.

ACESSE O SITE DO CONSULADO

Atenção: Para saber mais sobre os requisitos para retornar ao Brasil, clique no item "Brasil (BRA)", disponibilizado nesta página ou confira a íntegra das regras para entrada de viajantes no Brasil: ANVISA (Regras para entrada de viajantes no Brasil)

Montevidéu (MVD)

Fronteiras abertas, com condições:
Última atualização: 21/01/2022

 

Formulários

  • Todas as pessoas deverão preencher com pelo menos 48 horas de antecedência do embarque a Declaração Jurada de Saúde, em que será solicitado anexar o certificado de vacinação, PCR ou PCR-RT ou "Antigeno" (caso tenham contraído Covid anteriormente).
  • Confira todos os detalhes: Antes de venir | Sitio oficial de la República Oriental del Uruguay

Link para o formulário: Usuario gub.uy - Usuario Único del Estado

 

PCR

  • Apresentação do resultado de teste PCR negativo com até 72 horas do embarque com até 24 horas de antecedência em relação ao primeiro ponto de embarque;
  • Comprovante de vacinação;
  • Após os 7 dias do primeiro teste, os turistas devem realizar um segundo exame PCR;
  • Os menores de 6 anos estão dispensados de realizar o teste de PCR.
  • Estão dispensados passageiros com teste antígeno de COVID-19 ou PCR positivo feitos entre 90 e 20 dias antes da chegada ao país.

Podem ingressar ao Uruguai:

  • Estrangeiros que receberam duas doses ou a dose única da vacina dentro dos últimos nove meses, cumprindo com o prazo para alcançar a imunidade, que é de 14 dias após a última dose;
  • Estrangeiros que tiveram Covid-19 em 90 dias antes do embarque ou chegada ao país, devendo apresentar resultado positivo por PCR-RT realizado entre 20 e 90 dias antes do embarque ou da chegada ao país;
  • Cidadãos estrangeiros menores de 18 anos de idade (neste caso, não se exige a vacina, já que nem todos os países vacinam os menores de idade).

Quarentena/Observações

  • Os passageiros estão sujeitos a quarentena por 14 dias, exceto aqueles que estão completamente vacinados ou apresentarem o teste positivo dentro das regras descritas acima.
  • Passageiros recuperados da COVID-19 entre 90 e 10 dias antes do embarque está isento de cumprir quarentena de 14 dias, desde que apresente um teste antígeno ou RT-PCR feito no mesmo prazo, considerando a data de embarque ou chegada no país.

Países com entrada proibida

  • Nenhum

ACESSE O SITE DO CONSULADO

Atenção: Para saber mais sobre os requisitos para retornar ao Brasil, clique no item "Brasil (BRA)", disponibilizado nesta página ou confira a íntegra das regras para entrada de viajantes no Brasil: ANVISA (Regras para entrada de viajantes no Brasil)

Paraguai (ASU)

Fronteiras abertas, com condições:
Última atualização: 20/01/2022

 

Documentos e formulários

  • Passageiros precisam completar o “Traveler’s Health Information” com 24 horas antes do pouso, no site WEB D.G.V.S.
  • Será gerado um QR Code que deverá ser apresentado após o pouso. Isso não se aplica a passageiros com menos de 12 anos;
  • Passageiros precisam apresentar o certificado de vacina com todas as doses aplicas pelo menos 14 dias antes da chegada no país. Isso não se aplica a passageiros com menos de 18 anos e aqueles que possuem certificado médico informando a impossibilidade da vacinação;
  • Comprovante de vacina da Febre Amarela.

Exames

  • Passageiros precisam portar testes negativos da modalidade LAMP, NAAT ou RT-PCR com resultados emitidos 48 horas antes do embarque ou teste antígeno emitido 24 horas antes do embarque. Isso não se aplica a passageiros menores de 12 anos;
  • Não se aplica a passageiros com teste COVID-19 positivo emitido entre 90 e 14 dias antes do pouso. Os testes podem ser da modalidade antígeno, LAMP, NAAT e RT-PCR;

Essas regras não se aplicam a nacionais e residentes brasileiros pousando vindos da Argentina, Bolívia, Brasil ou Uruguai.

Quarentena/Observações

  • Todos os passageiros estão sujeitos a quarentena por 10 dias;

Acesse site do Consulado

Atenção: Para saber mais sobre os requisitos para retornar ao Brasil, clique no item "Brasil (BRA)", disponibilizado nesta página ou confira a íntegra das regras para entrada de viajantes no Brasil: ANVISA (Regras para entrada de viajantes no Brasil)

Paramaribo (PMB)

Fronteiras abertas, com condições:
Última atualização: 17/01/2022

 

Formulários/Documentação

  • Passaporte válido

Exames/Comprovantes

  • Os passageiros que chegarem ao Suriname deverão ter o esquema vacinal completo com mais de 14 dias de antecedência a chegada no país. Deverão apresentar o teste RT-PCR negativo com até 48h de antecedência ao embarque.
  • Comprovante de vacinação contra a febre amarela com no mínimo 10 dias de antecedência a chegada no país.
  • Após 3 dias no Suriname, o passageiro deverá realizar o teste de antígeno em um dos locais de teste oficiais do Ministério da Saúde:

- The Bureau of Public Health Surinam
- MeDiLab
- My Lab
- The Academic Hospital
- Health Control

O resultado do teste precisa ser apresentado na saída de Paramaribo - Suriname como prova. Caso o teste não seja feito, o passageiro será multado no valor de EUR 100 ou USD 100 ou seu equivalente em Suriname Dollar para poder sair do país.

Atenção: Para saber mais sobre os requisitos para retornar ao Brasil, clique no item "Brasil (BRA)", disponibilizado nesta página ou confira a íntegra das regras para entrada de viajantes no Brasil: ANVISA (Regras para entrada de viajantes no Brasil)

Punta Cana (PUJ)

Fronteiras abertas, com condições:
Última atualização: 16/12/2021


Requisitos

  • Apresentação de PCR negativo realizado até 72 horas do embarque e ingresso no país ou certificado de vacinação COVID-19 comprovando que foram totalmente vacinados pelo menos três semanas antes da chegada.
  • Comprovante de vacinação contra febre amarela emitido pelo menos 10 dias antes da chegada.
  • Os menores de sete anos estão dispensados de realizar o teste de PCR.
  • Estrangeiros podem ser submetidos a exames médicos na chegada. Detalhes podem ser encontrados no link: Coronavirus Information - GoDominicanRepublic.com
  • Preenchimento do Ticket Eletrônico em eTicket antes do embarque

Países com entrada proibida

  • Angola, Botsuana, Suazilândia, Lesoto, Námbia e África do Sul.

 

ACESSE O SITE DO CONSULADO

Atenção: Para saber mais sobre os requisitos para retornar ao Brasil, clique no item "Brasil (BRA)", disponibilizado nesta página ou confira a íntegra das regras para entrada de viajantes no Brasil: ANVISA (Regras para entrada de viajantes no Brasil)